26.1.10

Mudanças na programação da Record são mal vistas e passa a imagen de "total descontrole"


  • Munir Chatack/Divulgação
    Bianca Rinaldi como Arminda, da nova novela da Record "Ribeirão do tempo", que ainda não estreou, grava em Brotas (jan/10)
Dentro da própria Record, tanto no Rio como em São Paulo, as mudanças na grade, anunciadas na semana passada, foram recebidas como um grande retrocesso.

Em comunicado à imprensa, a emissora informou que em março, no lugar de "Poder Paralelo", exibirá filmes, reality show e o "Legendários", programa do Marcos Mion, reduzindo para um o horário de novelas.

Justamente as novelas que, nos dias atuais, são responsáveis pelos melhores pontos da sua audiência.

"Pra que tanto estúdio neste Recnov, se não tem produção?", pergunta um diretor. E mais, perguntamos nós, o que fazer com tanto espaço ocioso? Como acreditar na vaga promessa de um novo horário às 19 horas?

Afinal, considerando o que vale para agora, serão dez estúdios para uma novela só. Então que se faça algum dinheiro deles, alugando para outras emissoras desejosas em produzir.
Guardadas as devidas proporções é como se a Globo resolvesse abandonar o seu Projac.

Percebe-se que as medidas tomadas acontecem na base da reação. Não há, lamentavelmente, nenhum planejamento a médio prazo.

A sensação que passa é de total descontrole.

Por: FLÁVIO RICCO

0 comentários:

Postar um comentário

Visitas

Pessoas no blog

Promoção

Tecnologia do Blogger.